Suspeito de homicídio em Mesquita é preso em Santana do Paraíso ~ Plantão Policial
Nossa Pagina no Facebook

Suspeito de homicídio em Mesquita é preso em Santana do Paraíso

        PC




A Polícia Civil de Minas Gerais através das Delegacias de Mesquita e Santana do Paraíso, localizou e prendeu nesta noite o foragido da justiça Fillipe Cordeiro dos Santos, 20 anos, vulgo “FILLIPE BADU”. O investigado foi preso enquanto participava de uma carteado clandestino que funcionava em uma residência no centro de Santana do Paraíso. Com ele foi encontrado um revólver calibre 22 municiado. Fillipe teve a prisão preventiva decretada pela Comarca de Mesquita por ser suspeito do homicídio consumado de Cleidiomar Barbosa de Melo, ocorrido em 27/12/2016 naquela cidade. Outro suspeito do crime, Luiz Antonio Silva Soares, ainda está sendo procurado pela polícia e sua prisão não está descartada para os próximos dias.


A operação, comandada pelos Delegados Bruno Morato e Eduardo Vinicius, contou com apoio de Policiais Civis da Delegacia Regional de Ipatinga e reuniu 6 viaturas e 22 policiais que cercaram o quarteirão da residência onde o suspeito estava homiziado e o prenderam. No momento da abordagem, FILLIPE esboçou um movimento de fuga, mas foi rapidamente dominado e imobilizado. Outras três pessoas foram presas pelos delitos de exploração de jogo de azar e favorecimento pessoal, sendo autuadas e liberadas para responderem o procedimento em liberdade.


De acordo com as investigações, FILLIPE pretendia eliminar mais três pessoas na cidade de Santana do Paraíso, plano que foi interrompido pela eficiente atuação da Polícia Civil. Outro comparsa de FILLIPE, RONEI DIAS DA SILVA, 39 anos, já havia sido preso em 06/03/2017 após executar Rubens Raniery da Silva, 19 anos, na Praça de Santana do Paraíso. A dupla é investigada por praticar crimes de pistolagem nos municípios de Mesquita e Santana do Paraíso e são suspeitos de serem autores de outros crimes graves. Ambos já possuem passagens por homicídio, sendo que FILLIPE estava em liberdade condicional. O autor será conduzido ao Presídio de Ipaba, onde ficará a disposição da Justiça.
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário