Homem mata esposa por ciúmes e depois tenta suicídio ~ Plantão Policial
Nossa Pagina no Facebook

Homem mata esposa por ciúmes e depois tenta suicídio

1 / 1
MATIPÓ (MG) - Um crime motivado por ciúmes chocou a comunidade de Matipó na tarde desta segunda-feira, 22/05. O marido matou a mulher com 24 golpes de faca e depois tentou suicídio.
Por volta de 15 horas, a Polícia Militar recebeu uma ligação dando conta que um casal estava brigando dentro de casa, no bairro Boa Esperança, e que gritavam muito.
Quando a PM chegou, encontrou a mulher morta numa poça de sangue. Rosiane Nunes de Souza Barbosa, 33 anos, era zeladora numa escola da cidade.
O autor do homicídio - Alex Silva Barbosa, 36 anos - foi socorrido para o hospital. Ele tentou contra a própria vida. Após os primeiros atendimentos em Matipó, foi transferido para Manhuaçu.
As irmãs contaram que Alex Silva tinha muito ciúmes da vítima e nos últimos dias estavam se desentendendo devido à vítima ficar constantemente conectada a redes sociais.
O perito da Polícia Civil constatou 21 ferimentos no rosto e nuca da mulher. Ela ainda foi atingida duas vezes na mão direita e uma na coxa esquerda.
A filha do casal, que estava em casa, contou que seu pai tinha muito ciúmes da mãe dela e, antes dos fatos, presenciou o marido agredir a vítima com um tapa no rosto, momento que saiu pra procurar ajudar e quando voltou a tragédia já havia acontecido.
De acordo com a reportagem do Portal Caparaó, durante o atendimento no hospital em Manhuaçu, o autor foi preso em flagrante por homicídio consumado, uma vez que não corre risco de perder a vida.
Segundo a PM, ele admitiu que esfaqueou a esposa por ciúmes e afirmou também que tentou contra sua própria vida, desferindo contra si um golpe de faca no tórax e outro no abdômen.
Embora alguns parentes tenham relatado que autor e vítima vinham brigando constantemente, a Polícia Militar nunca tinha sido acionada.
A polícia também apreendeu os celulares no imóvel para apurar a história de que o companheiro teria descoberto alguma traição.
Carlos Henrique Cruz - carlos@portalcaparao.com.br - parceiro do Plantão Policial
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário