Após acidente em Ipatinga, carro percorre cerca de 1 km com motociclista no teto ~ Plantão Policial
Nossa Pagina no Facebook

Após acidente em Ipatinga, carro percorre cerca de 1 km com motociclista no teto



Um motociclista percorreu cerca de 1 km sobre o teto de um carro, na noite desta quinta-feira (08/06/2017), após se envolver em um acidente em Ipatinga, no Vale do Aço. O condutor do veículo quase foi agredido por testemunhas por ter fugido do local.
Conforme a Polícia Militar (PM), era por volta de 18h quando a batida aconteceu, na esquina da rua Mantena com Roterdã, no bairro Bethânia. O rapaz de 19 anos, que conduzia a moto XRE 300, afirmou que foi surpreendido pelo Chevrolet Zafira que estava os faróis desligados. Os veículos bateram de frente, sendo que a moto caiu no chão e a vítima foi parar sobre o carro.
Ainda na versão do jovem, o veículos continuou em alta velocidade enquanto ele gritava e batia no pára-brisa pedindo que ele parasse, em vão. O carro só parou após na rua Martim Pescador, no bairro Tiradentes – a cerca de 1 km do local do acidente – após ser cercado por outros motociclistas que presenciaram o acidente.
Já conforme o motorista do carro de passeio, de 36 anos, ele ia fazer uma conversão quando a moto apareceu e, para não bater, ele teria tentado parar. Porém, logo após o acidente ele disse ouvir pessoas dizerem “vamos pegar ele” e, por isso, evadiu do local.
O homem de 19 anos, que sentia dores e sofreu um corte na cabeça, foi atendido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ainda sobre o teto do carro. Ele foi conduzido até uma Unidade de Pronto-Atendimento (UPA).
Ainda de acordo com a PM, além de não estar com a documentação do veículo em dia, o condutor do Zafira estava com sua Carteira de Habilitação vencida há mais de 30 dias. O veículo foi removido ao pátio da cidade.
Vítima percorreu cerca de 1 km sobre teto de carro (Foto: Nilson Lages/Reprodução O Tempo)
Vítima percorreu cerca de 1 km sobre teto de carro (Foto: Nilson Lages/Reprodução O Tempo)
(Fonte: O Tempo / Reportagem: José Vítor Camilo/Aconteceu no Vale)
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário